segunda-feira, 19 de dezembro de 2011


Sem um adeus

2

Queria poder te dizer que já não penso mais em você, queria passar na frente da sua casa com um sorriso enorme no rosto e alguém bem melhor que você do meu lado, queria poder dizer que você foi só um cara qualquer que passou pela minha vida, queria poder dizer que nunca senti nada por você, que tudo foi apenas atração física, mas não posso, não gosto de mentiras. Prefiro omitir, não vou te dizer nada, não vou te provar nada, você foi só com um sonho, desses que você tem uma noite e passa dias querendo sonhar de novo, pena que não consigo sonhar o mesmo sonho mais de uma vez. As vezes eu me sentia como a personagem principal de uma novela adolescente ou nesses romances juvenis que te fazem querer ser a personagem, mas você passou junto com o tempo e eu soube que não iria mais dar certo.
Não quero te esquecer, não vou guardar magoas. Você vai sempre estar presente nas minhas lembranças boas, é melhor assim, não vejo motivos para ter raiva. Vamos parar enquanto é tempo, antes que o coração fique machucado demais, prefiro ele assim, sem feridas, sem culpas e sem adeus.

2 comentários:

Joyce Barros disse...

Que lindo amiga, mas como tudo na vida, tudo que é bom dura pouco, e tudo que você tem que fazer é, levantar e seguir em frente.

http://sementesaleatorias.blogspot.com

Tainã Almeida disse...

Os adultos vivem dizendo que a adolescência é um dos perídos mais
marcantes da vida. Mais o que o adolescente pensa disso? (sinopse do meu blog)
Acessa o meu blog?
"Blog de uma adolescente"

http://blogdeumagarotaadolescente.blogspot.com/

Espero a sua visita, se gostar do meu blog, segue lá, ficarei muito feliz.
Desde já obrigada, tenha uma ótima semana.
Atenciosamente Tainã Almeida.

Postar um comentário