terça-feira, 1 de julho de 2014


Cicatrizes

0

Todas as musicas são "a nossa musica", tudo me lembra você. Passei uma parte da minha vida tentando entender o que é o amor, penso tanto nele que já estou cansada de falar sobre. Como algo pode ser tão bom e as vezes te destruir? Como diz o ditado "tudo de mais faz mal", então decidi tomar uma medida certa, uma dose diária, é bom para crises existenciais.
Talvez a parte mais difícil do amor seja se amar. é tão difícil gostar de alguém que te conhece por inteiro, sabe todos os seus medos e desejos, que esconde os teus segredos. Vivendo uma briga constante com o espelho, para ser aquilo que se acredita "melhor". Mas o passado não se apaga, será pra sempre uma marca.
As cicatrizes continuam comigo, para me lembrar do que eu passei para conquista-las. Estas marcas que me lembram de um passado que penso ser melhor esquecer, mas como seguir em frente se elas permanecem ali, para me lembrar que a vida nem sempre é um sonho, e que, a boca que um dia te beija é a mesma que um dia te devora.
Através das marcas do tempo, relembro a vida querendo esquecer. Mas o rancor permanece como ferida aberta e dói lembrar como se nunca tivesse cicatrizado.
Poderá existir cicatriz mais perfeita que uma fotografia? Esta que guarda nossos momentos celebres, para num futuro lembrar o que deixamos para trás, e aquelas pessoas da fotografia já não vivem mais, são apenas um borrão na memoria de quem as conheceu. Uma perfeita marca registrada no tempo, guardada em um pedaço de papel ou arquivo de computador. Mais difícil de apagar que as marcas do corpo, são as marcas da alma.

sexta-feira, 23 de maio de 2014


O que você entende de amor para dizer que não amo?

0

Quem poderá medir o tamanho do meu amor? Será que são as flores que ficaram no caminho onde passamos ou as pessoas que observam ao longe?
Não creio que seja possível alguém conhecer este sentimento tão nobre, pertencente a mim, melhor que eu. Como posso ser julgada por atos falhos do passado? Hoje vivo a vida como eu sempre quis.
É preciso conhecer a mágoa e o ódio para se conhecer o amor. Não me compare com seus erros, não me avise quando estiver errando. Se for necessário, que eu me machuque e aprenda, mas não quero conselhos que me digam a quem amar. Preciso ser livre, preciso errar e, principalmente, preciso amar aquele que meu coração acha o certo.
O amor as vezes pode ser algo bom e doce, não é porque não sofro que não amo. Olha nos meus olhos pra ver como estou feliz, não preciso de um sentimento que parece uma doença, dessas que mata aos poucos, perdendo todo o ar, sufocando pulmões ate se cair por terra.
Todos os amores deveriam ser doces. Um sentimento tão nobre não merece ser feito em mil pedaços. O que resta depois é a mágoa, essa que destrói as flores que ficam nos caminhos onde passamos, essa que me faz crer que o passado não era recíproco em sentimentos bons.

segunda-feira, 17 de março de 2014


Idas e vindas

1

O que seria das palavras se elas não pudessem ser escritas? O que seria de nós sem a lembrança das palavras? Sera que podemos ser mais felizes fazendo aquilo que achamos necessário? Quando se trata de amor, necessidades são uma exceção a regra?
Sei que é necessário se viver, mas os meios utilizados para isso nos levam a caminho difíceis. A tortura do que poderia ter sido sempre vai prevalecer  no coração daquele que nunca deixou realmente ir.
Se me tens amor, te peço pra ficares aqui, cuidar de mim, não me deixar fugir. Sou sorrateira como a noite, vivendo com um coração dominado por indecisão. Não quero mais dormir com o ódio e acordar com a solidão. Foi assim que eu parti um dia. Depois de esperar demais, quando percebi que estava cansada de todas aquelas coisas iguais que o futuro me reservava.
Teria ido a outro país só pra me livrar do passado, teria corrido bem mais só pra não ter que olhar pra trás. Mas o mundo não é como a gente quer, então fiquei, me escondi debaixo da cama por uns meses, esperei a poeira baixar, deixei a solidão ser minha amiga, pra então me libertar.
Agora posso dizer que vivo de amor, sem medo, sem mágoa. As flores podem murchar e morrer no inverno, mas na primavera elas voltam a florescer. Tudo é tão bonito no castanho dos teus olhos, tudo é tão infinitamente mais profundo e sincero quando sai da tua boca.
Quero poder ouvir o som da tua voz todos os dias, quero me sentir vivar como sempre deveria ser. Não te faço cobranças se não me fizeres promessas. Melhor jogar a vida no vento e ver pra onde ele nos leva.
Sei que eu não terei mais medo de partir, depois dos primeiros passos o caminho se torna libertador. Me prometa que não esquecerá jamais dos dias felizes no sofá da sala, quando o amor nos bastava, quando o sorriso valia mais que qualquer palavra que o mundo pode jogar na nossa cara.

quarta-feira, 15 de janeiro de 2014


O amor...

0
Vejo amor no olhar a procura dos lábios, sedentos por saliva. É doce como não se pode ser, é bom como não se pode existir.
Graças a você aprendi a não ter medo de dizer que amo. Amor é um estado de graça, e as inseguranças a gente esquece pra viver o momento.
Posso amar a tudo e a todos que me fazem bem, cada um com seu jeito peculiar, cada coisa com sua carga imensa de lembranças. Um amor para diferentes maneiras, uma só maneira pra todo tipo de amor. Considero uma troca de afeto, sentimento mútuo existente em nosso ser.
Não devemos ter medo de julgamentos futuros, nem de magoas passadas. Sente o que se passa agora. Põe pra fora. Não explode de amargura com essas tuas emoções.
Ria como se fosse um louco, ria de tudo, ria de todos, ria sempre que tiver vontade. Amar nada mais é que um estado de plena felicidade.
Olho nos seus olhos e me sinto tão bem, me sinto tão tua. Quem pode dizer que isso não é amor?
Você nem me pede nada, mas quero te dar o mundo. Um mundo que é só meu, onde tudo é do nosso jeito e a gente se ama enquanto acreditar que é amor.
Cansei desses julgamentos de que se é amor é pra sempre. Para que servem todas essas definições? Não me ajudam a ser feliz, não me fazem pensar duas vezes antes de amar você.
Te tenho apreço e pago o preço que for preciso pra te ver feliz, pra te ter aqui, acreditando num futuro que vivemos agora.

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013


Nós

1

Quando seu corpo se perde e treme ao simples toque de um beijo. Quando não são dois corpos distintos mas sim apenas um. Quando as lembranças sufocam a saudade, e o desejo revigora o ser escondido dentro de nós.
Já não é tão complicado de entender o porque de ser assim. Te procurei assim, sem saber que te queria, então você veio pra mim. Transferiu o perfume da tua pele para a minha. Deixando uma marca que não se pode ver. Seres incompreendidos tentando acertar.
Falamos por horas e horas. Deixamos o tempo passar. Do nada, o nada já era tudo. Ficamos juntos. Estamos certos em estar. Erramos ao tentar deixar pra lá. Já não dava mais. você agora é meu lar.
Parece então que tudo tem um novo significado. Os objetos ganham uma nova simbologia. Tudo é tão vivo. Tudo é tão cheio de lembranças. É o que faz um pedaço de papel ser melhor que qualquer presente.
No meio dos meus tropeços esbarrei em você. Me deu a mão pra te acompanhar. Me segurou. Agora todo dia sou uma pessoa diferente. Porque você me faz ser. Me faz ser louca, me faz ser santa, me faz ser tua.

segunda-feira, 14 de outubro de 2013


O ultimo texto... pra você

0

Dessa vez você perdeu feio. Não que eu quisesse evitar sua perda. Nunca foi tão bom pra mim viver sem você.
Me destes todos os motivos para desistir. Saiba que não sou do tipo de mulher que aceita ser segunda opção. Se você esta acostumado com elas, problema seu. Agora não adianta reclamar do meu desapego. Não me conte essa historia de que o mundo dá voltas, eu sei muito bem disso. Olha pra você ai, me pedindo um pouco de atenção. E pensar que a pouco tempo atrás eu faria tudo pra ter a sua. E fiz. Mas não foi o suficiente.
Não vou mais ser seu parque de diversões. Nenhuma lágrima a mais será derramada enquanto você sorrir, pra depois você vim me dizer que era tudo mentira, tudo de brincadeira. Por que você não vai a merda com seus jogos ?
Eu só queria te dizer que eu odeio suas musicas idiotas, que só mostram o quanto você é patético. Odeio também essa sua mania de achar que pode beijar qualquer mulher que aparecer na sua frente. Esse seu machismo barato não ta com nada. Não dá pra acreditar que ainda existam pessoas como você em pleno século XXI.
Acho que depois dessas palavras você não vai querer ser nem meu amigo. Porém, tenho quase certeza que você não irá ler. Porque você não se importa, nunca se importou. Vai continuar achando que eu te amo loucamente. Se engane o quanto quiser. Não vamos mais a lugar algum. Existe uma barreira entre nós chamada falta de interesse.
Criei uma historia bonita pra nós. Percebo agora que foi tudo culpa da minha imaginação fértil. Você nunca foi o cara dos meus sonhos. Você nunca se comportou como algo bom. Não te culpo. Eu faço minhas próprias escolhas. E só pra constar, você não esta mais nelas.

terça-feira, 1 de outubro de 2013


Tão fácil quanto respirar

1

Os lábios se curvam ao verem os novos olhares. Para o coração ser partido é necessário se ter um.
E se eu gostar mais do que eu deveria, é problema meu. Posso tentar fugir. Sempre vou tentar. Você me conhece, nem tanto assim, mas tudo bem. Vou fugir como se você fosse me machucar. Vou fingir que sem você ta tudo bem. Tudo é tão normal.
Abri espaço no meu peito pra você morar. Agora não existe uma distancia que impeça. A saudade é um lar que estou acostumada a chamar de meu. Mas não existe solidão, não mais, desde que você chegou.
Não sei porque tentar entender, se eu adoro todos os seus erros. Tendo como qualidade seus maiores defeitos, se assim possam ser considerados.
Eu disse que não iria mais te escrever, mas falar sobre você é tão fácil quanto respirar. É uma necessidade que surge do nada e não vai embora enquanto você estiver por aqui.
Palavras que não deveriam ser ditas saem da minha boca a todo momento. Deve ser proposital. Devo querer correr o risco. Porque eu não me importo, não mais.
Te disse como era complicado entender o que eu quero. Não tenho culpa de ter um mundo inteiro de braços abertos sorrindo pra mim. Mas quando alguém te faz sorrir por nada é hora de admitir que errou. Dizer que sinto saudades não vai machucar ninguém, como sempre imaginei. Talvez num futuro nada promissor. Talvez quando descobrirmos que somos diferente demais. Mas por enquanto tudo bem, as vezes vale a pena correr riscos.