domingo, 14 de agosto de 2011


Mais um triste fim

2

Entre os cacos de vidro jogados no chão, o cheiro de cigarro e álcool predominava no ar e seu olhar vazio procurava alguma maneira de expressar o que ele estava sentindo. Saiu tombando porta à fora, com um sorriso amarelo no rosto, todos os copos que ele tinha virado no bar não tinham acabado com sua tristeza e nada parecia fazê-lo esquecer seus problemas. O mundo estava girando ao seu redor e ao invés de sorrir pelos efeitos da bebida, ele chorava e sentia uma angustia no peito que só ele poderia entender. Já não lhe restavam muitas escolhas e no auge de sua embriaguez, subiu em cima do prédio mais próximo e se jogou como um passarinho que acabou de se libertar e só quer voar para o lugar mais distante.

2 comentários:

Iasmin Cruz disse...

Oi,
passei para lhe fazer uma visitinha.
ótima semana.

iasmincruz.blogspot.com

Márcinha Mendonça disse...

Oi minha flor passando pra desejar uma ótima semana, dias lindos de sol, doces como tu, beijos meus, muita luz e paz sempre...

Postar um comentário